Cinco detidos por suspeita de terem estado em contacto com o autor do atentado de 14 de julho em Nice vão, esta quinta-feira, ser presentes à justiça, informou a Procuradoria francesa.

Os suspeitos foram detidos na semana passada. As cinco pessoas, quatro homens com idades entre 22 e 40 anos e uma mulher, alegadamente estiveram em contacto com o autor do atentado, identificado como Mohamed Lahouaiej Bouhlel, ou são suspeitos de lhe terem fornecido uma arma, uma pistola automática, com a qual o tunisino atirou contra os polícias ao volante de um camião.

No passado dia 14, um camião avançou durante dois quilómetros sobre uma multidão na Promenade des Anglais, em Nice, que estava a assistir ao fogo-de-artifício para celebrar o dia de França.