A polícia inglesa divulgou as imagens do assalto que ocorreu durante o fim de semana da Páscoa, em Londres.

Para levar cerca de 300 milhões de euros em joias, os assaltantes fizeram um buraco na parede, de 50 centímetros de profundidade, com uma broca superpotente.

A polícia analisou as imagens de videovigilância e concluiu que o assalto foi feito por um grupo de entre quatro a seis pessoas, que se disfarçaram de trabalhadores da construção civil e de funcionários de uma companhia de gás para conseguirem entrar no edifício.

Os assaltantes desativaram um elevador e usaram o poço para descer até à cave, onde se encontra o gigantesco cofre.

O grupo esteve várias horas no local e em dias diferentes, durante o fim de semana prolongado da Páscoa.

Das 999 caixas com joias que estavam dentro do cofre, abriram 72 e levaram o seu conteúdo, num prejuízo calculado de 300 milhões de euros.

Nas imagens pode ver-se o caos em que ficou o cofre e as ferramentas que os assaltantes deixaram para trás.

Ainda ninguém foi detido e, segundo a imprensa inglesa, a polícia nem sequer tem suspeitos.