A casa de Desmond Tutu, prémio Nobel da Paz, foi assaltada enquanto o arcebispo estava ausente nas cerimónias fúnebres de Nelson Mandela.

Ainda não é claro sobre o que os ladrões levaram da casa na Cidade do Cabo, na quarta-feira à noite, enquanto Desmond Tutu estava em Joanesburgo, disse à AFP Roger Friedman, ajudante do arcebispo.



«Posso confirmar que houve um assalto na última noite. Mas a residência não foi pilhada», disse. Já em agosto passado a residência tinha sido assaltada.

A polícia adiantou que o assalto ocorreu entre às 19:00 e as 21:00 (hora local).

Desmond Tutu proferiu a oração final no serviço memorial de Mandela, presenciado por milhares de sul-africanos e dezenas de líderes mundiais.