O Presidente catalão, Artur Mas, considerou hoje «praticamente impossível» impedir eternamente a Catalunha de votar sobre o seu futuro, como pretende o governo espanhol.

«Se a população catalã quer votar sobre o seu futuro, é praticamente impossível impedir isso sempre (...). Penso que que é absurdo pretendê-lo e creio que o governo espanhol deve chegar a essa conclusão», declarou Mas, em entrevista à AFP, na véspera de uma grande manifestação em Barcelona pela independência da Catalunha.

O presidente do governo nacionalista catalão empenhou-se em organizar, em 09 de novembro próximo, um referendo sobre a independência desta região do nordeste de Espanha.