Cerca de 130 mil páginas de arquivos da Força Aérea norte-americana sobre investigações de avistamentos de objetos voadores não identificados estão agora disponíveis online.

De acordo com a CNN, a coleção « Project Blue Book» compõe-se de documentos de três projetos: «Project Blue Book», «Project Sign» e «Project Grudge», nomes atribuídos às investigações oficiais do exército norte-americano sobre este tipo de objetos.
 

Esta coleção é o resultado de anos de requerimentos por parte do entusiasta John Greenewald, que invocou a Lei de Liberdade de Informação.

Greenewald colocou os documentos online na semana passada, em formato PDF, na plataforma «The Black Vault», disponibilizando-os a qualquer um que deseje consultar ou descarregar os arquivos.

Entre estes documentos constam detalhes de alguns dos mais famosos casos relacionados com a existência de vida extraterrestre, onde se inclui o incidente de Exeter, o avistamento de Kenneth Arnold e ainda o acidente que em 1948 vitimou o capitão Thomas F. Mantell, piloto da Kentucky Air National Guard, enquanto perseguia um alegado óvni.
 

O projeto «Blue Book», sediado na Base Aérea de Wright-Patterson, no estado norte-americano de Ohio, esteve em curso entre 1947 e 1969, altura em que, de acordo com os documentos revelados no site do Arquivo Nacional, foi interrompido após uma avaliação conjunta concluir que não se tinha obtido nenhuma informação significativa. 

A Associação de Pesquisa Ovni (APO) calcula que cerca de 105 milhões de pessoas tenham sido levadas da Terra por extraterrestres