O líder da Coreia do Norte assegurou hoje que o país desenvolveu uma arma antitanque com o maior alcance do mundo e que torna os blindados mais sofisticados numa "abóbora cozida", noticiam os meios de comunicação estatais norte-coreanos.

Segundo os mesmos relatos, Kim Jong-Un assistiu hoje a testes da nova arma, um foguete guiado por laser, e declarou que tem o maior alcance do mundo e é tão precisa como a arma de um sniper.

A agência oficial KCNA garante que Kim Jon-Un afirmou, "com grande satisfação", que mesmo os tanques e carros de combate blindados mais sofisticados "dos inimigos" são uma "abóbora cozida" perante o poder da nova arma alegadamente desenvolvida na Coreia do Norte.

Esta arma vai ser produzida em massa o mais rapidamente para ser instalada nos postos de defesa das fronteiras e costas do país, segundo o líder norte-coreano.

O anúncio da nova arma surge numa altura em que as Nações Unidas se preparam para aprovar novas sanções à Coreia do Norte, na sequência do lançamento, no início do mês, de um míssil de longo alcance.

As sanções impedem a Coreia do Norte de conseguir fundos, tecnologia e aquisição de conhecimentos necessários para avançar com o seu programa nuclear e de mísseis.