Um supermercado na Argentina colocou bolos à venda cujo rótulo anunciava entre os ingredientes 12 gramas de cocaína, o que provocou uma avalanche de reações irónicas nas redes sociais da Internet.

Os bolos estiveram à venda na cadeia francesa Carrefour, com mais de 500 lojas na Argentina, e que já pediu desculpas pela «piada de mau gosto» feita por um funcionário de um dos fornecedores.

«Desejamos transmitir tranquilidade aos nossos clientes, assegurando que não existe qualquer componente estranho nos bolos da marca Carrefour», lê-se num comunicado da empresa, que garantiu ter-se tratado de uma «adulteração de uma etiqueta».

A adulteração resultou de uma «piada de mau gosto por parte de um empregado de uma empresa que fornece os bolos da nossa marca», explicou a empresa, que referiu os controlos de qualidade que efetua.

«No céu, Pablo Escobar deve pensar: porque não pensei nisso antes», foi um dos comentários que surgiram no Facebook, enquanto no Twitter se leu «Para o Carrefour, a cocaína é legal».

Outros utilizadores destas redes já questionaram qual pode ser o destino do funcionário, que terá iniciado a brincadeira.