Na Índia, um bebé de três meses está a ser tratado no hospital de Chennai por causa da sua tendência para combustão espontânea.

Segundo os pais da criança, desde o nascimento que Rahul ficou excessivamente quente quatro vezes, o que resultou em queimaduras superficiais em todo o corpo.

«O bebé está estável e em tratamento para queimaduras e cicatrizes. O sistema de suporte de vida estão preparados para o Rahul na unidade de cuidados intensivos», revelou o pediatra R. Narayana Babu ao canal IBN Live.

Segundo o mesmo médico, o bebé vai ficar em observação e só deverá ter alta daqui a duas semanas.

Rahul, que vive Villupuram, uma zona a 160 kms de Chennai, sofreu o primeiro incidente quando tinha apenas 9 dias.

«As pessoas pensavam que eu o tinha queimado deliberadamente», afirmou a mãe, Rajeswari.

De acordo com os pais, a comunidade ostracizou-os, e o pai do bebé, um agricultor, afirma que perderam tudo por causa da doença do filho.