Uma mulher saudita pode vir a ser condenada a um ano de prisão ou a uma multa de quase 120 mil euros por ter publicado na internet um vídeo do seu marido a “apalpar” a empregada doméstica.

A mulher, não identificada, filmou com o telemóvel o momento em que o marido se aproxima da empregada e começa a agarrá-la e a beijá-la. De seguida colocou o vídeo nas redes sociais como forma de vingança.
 

“A punição mínima para este marido é um escândalo”, escreveu na descrição.


Segundo o jornal saudita “Sada”, que cita o advogado Majid Qaroob, a lei na Arábia Saudita pune quem fizer uso da tecnologia para difamar outros cidadãos

“A lei inclui punições severas para quem fizer uso dos telemóveis com câmara fotográfica ou outro equipamento para difamar outros cidadãos”, disse Qaroob.