Um estudo conduzido por investigadores alemães concluiu que a manipulação artificial das condições meteorológicas poderá ser ineficaz na luta contra o aquecimento global se as emissões de dióxido de carbono (CO2) continuarem a aumentar.

O estudo, desenvolvido por investigadores de Kiel (norte da Alemanha), foi hoje publicado pela revista científica Nature Communications.

A manipulação artificial das condições meteorológicas tem vindo a ser estudada de forma cada vez mais profunda pela comunidade científica.