O ministro dos Negócios Estrangeiros cubano, Bruno Rodriguez, anunciou esta quarta-feira que na próxima semana se realiza uma nova ronda de conversações entre Cuba e os EUA sobre o restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países.

“Na próxima semana estaremos em Washington uma nova sessão de negociações sobre o restabelecimento das relações diplomáticas e abertura de embaixadas”, disse o ministro, em entrevista à agência noticiosa AFP.

Segundo o ministro, o dia do encontro ainda vai ser determinado. É mais um passo na aproximação bilateral histórica, depois de Barack Obama e Raul Castro  terem apertado as mãos, a 11 de abril.

De lá para cá, os dois países têm feito vários progressos. Cuba forneceu na semana passada, pela primeira vez, informações técnicas sobre o seu potencial petrolífero a peritos dos EUA.  Outro exemplo é que os dois países vão voltar a ter ligação por "ferry".

Na segunda-feira, o porta-voz da Casa Branca disse que o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, não vai visitar Cuba a “curto prazo”, mas pode fazê-lo antes de terminar o mandato.

Em dezembro, depois do histórico anúncio do acordo para  restabelecer as relações diplomáticas entre os Estados Unidos e Cuba, o porta-voz afirmou estar seguro de que o Presidente norte-americano não recusaria viajar para Cuba se “houvesse uma oportunidade” para o fazer.