As autoridades aduaneiras suíças apreenderam, na segunda-feira, 262 quilos de marfim de contrabando no aeroporto de Zurique, sendo que as presas de elefante estavam escondidas em oito malas, foi anunciado esta terça-feira.

Em comunicado, as autoridades da alfândega revelaram que as presas de elefante estavam escondidas em oito malas provenientes de Dar es Salaam, Tanzânia, com destino a Pequim, via Zurique, e eram de três cidadãos chineses.

As presas foram serradas para entrar nas malas, e também eram acompanhadas por um quilo de presas e garras dos leões. O valor do mercado negro de marfim é estimado em 400 mil francos suíços (377.000 euros).