“Há centenas de milhar de pessoas, não apenas o número que têm sido discutido até agora para o acolhimento. Se isto não é considerado e as tragédias no Mar Egeu e nos Balcãs continuam, devo dizer que estou muito preocupado com o futuro do sistema de asilo europeu."


um novo recorde

“O ano de 2015 será, sem dúvida, o palco de uma alta sem precedentes em matéria de deslocamentos forçados no mundo”, lê-se no relatório.