Um movimento antisemitismo francês pediu à Câmara de Paris para remover o mosaico do pavimento de um prédio residencial que tem desenhos de cruzes suásticas.
 
O edifício fica num bairro central da capital francesa, na zona turística de Saint-Germain-des-Pres. O chão contém dezenas de suásticas feitas de mosaico preto e incorporadas em intervalos regulares, denunciou o Bureau Nationnal de Vigilance Contre l’Antisémitisme (BNVCA). 

"O BNVCA não entende como esses símbolos ilegais foram permitidos, provavelmente por um tempo muito longo, neste edifício sem serem detetados por uma única pessoa”, diz o BNVCA, que condena “a forma como os moradores deste edifício parecem estar acomodados a estes símbolos”.

 
Se os símbolos não forem removidos do chão do prédio, o BNVCA promete “apresentar uma queixa no Ministério Público", já que a exibição de símbolos nazistas é ilegal na França.