No passado dia 9 de março, deu à costa na praia de Bonfil, em Acapulco, no México, um animal morto, ou restos de um animal. A Proteção Civil, chamada ao local, para recolher o achado revelou as imagens e a especulação tem sido muita. Podem ser os restos de uma baleia ou podem ser os restos de uma lula gigante.

As imagens pouco claras, não esclarecem a espécie em causa e a especulação tem sido muita. Mas só depois de serem realizados testes se poderá ter certezas.

O vídeo divulgado na página de Facebook da Proteção Civil de Acapulco já teve milhares de visualizações. Em declarações ao jornal “20 minutos”, Sabás de la Rosa Camacho, responsável da Proteção Civil local, admitiu que se tratava de uma “espécie marinha”, com cerca de quatro metros de comprimento, que “não conseguia identificar”.

 

Protección civil y Bomberos de Acapulco Reporta, un animal marítimo desconocido hasta el momento, en las playas de la bonfil.

Publicado por Protección Civil y Bomberos de Acapulco em  Quarta-feira, 9 de Março de 2016

 

Alguns especialistas contactados pelos jornalistas dividem-se nas opiniões. James Mead, do Museu Natural de História de Washington, afirmou ao site LiveScience, que se trata de uma parte da cabeça de uma baleia cachalote. 

“Foi um pedaço da cabeça que se separou. Nas imagens são visíveis os orifícios nasais”, explicou

Já Elva Escobar-Briones, directora da Universidade Nacional Autónoma do México considerou, numa resposta ao Verne, que “as imagens são pouco claras para avançar com possibilidades”.