A queda de uma varanda do terceiro andar de um edifício na cidade de Angers, em França, causou na noite de sábado quatro mortos e 14 feridos, tendo já sido aberto um inquérito pelos “homicídios involuntários” dos estudantes. As vítimas mortais são uma rapariga de 18 anos e três rapazes com idades entre os 21 e os 25 anos.

Segundo o procurador que está a acompanhar o caso, Yves Gambert, as vítimas estavam concentradas na varanda, voltada para o pátio interior do edifício, quando esta cedeu e caiu.

O procurador explicou ainda que no momento do acidente cerca de 30 jovens estudantes estavam numa festa particular naquela habitação em Angers.

A justiça abriu já um inquérito por "homicídios e ferimentos involuntários", tendo também enviado ao local um perito na área das construções, informou o procurador.

Durante a queda foram destruídas as varandas dos dois andares inferiores que se encontravam vazias naquele momento.