Quase dois terços de alemães julgam que a chanceler Angela Merkel, citada entre os favoritos para o Prémio Nobel da Paz, não deve receber este galardão, segundo uma sondagem publicada no jornal Handelsblatt esta quinta-feira.

Uma larga maioria (61%) julga que Angela Merkel não é uma “candidata apropriada” para receber este prémio, que será anunciado na sexta-feira, em Oslo, enquanto 34% tem opinião contrária, segundo a sondagem feita pelo instituto Forsa, realizada com uma amostra de cerca de mil pessoas.

Angela Merkel está a ser citada entre os favoritos para o Prémio Nobel da Paz pela sua mediação no conflito na Ucrânia e por ter aberto as portas de seu país aos migrantes, num momento em que a Europa está a ser confrontada com uma crise migratória excecional.