O Vietname anunciou hoje que vai libertar mais de 18.200 presos para assinalar o dia da independência, na segunda maior amnistia da história do país que exclui ativistas políticos.

A libertação vai desenrolar-se por fases, arrancando na segunda-feira, ou seja, nas vésperas do 70.º aniversário do Dia Nacional, celebrado a 02 de setembro.

“O Presidente decidiu conceder a amnistia a 18.298 presos (…), mas nenhum deles cometeu crimes contra a segurança nacional”, afirmou o vice-ministro da Segurança Pública, Le Quy Vuong, em conferência de imprensa.