O Ministério de Ambiente da Costa Rica decidiu que os jardins zoológicos vão ser extintos, destinando os espaços para a construção de jardins botânicos e de parques naturais, que valorizem a natureza do país.

Esta decisão vai ser aplicada até ao ano de 2014, cumprindo assim a palavra do governo em preservar a natureza, bem como de ser um exemplo a seguir pelo resto do mundo.

«Estamos a enviar uma mensagem ao mundo. Queremos ser fiéis à visão de um país que protege a natureza», afirmou a vice-ministra do Ambiente, Ana Lorena Guevara, citada pela BBC.

A decisão preocupa alguns dos funcionários dos jardins zoológicos, incrédulos com a decisão do ministério, sem uma consulta pública prévia. A diretora do Jardim Zoológico Simón Bolívar é uma das vozes que contestam o fecho dos zoos já em 2014.

Com a reformulação são cerca de 400 os animais enjaulados a ser transferidos para os centros de acolhimento e jardins zoológicos privados do país.