A Organização das Nações Unidas (ONU) apresentou um documento criado por especialistas internacionais no qual foram reunidas ações específicas para aplicar pelos países, de forma a limitar o aquecimento global abaixo dos dois graus centígrados.

O documento é uma tentativa para apresentar objetivos claros nas futuras negociações da mudança climática de 2015 e procura facilitar caminhos para que a comunidade internacional cumpra com os objetivos anteriormente fixados.

«O mundo comprometeu-se a limitar o aquecimento global abaixo dos dois graus centígrados, mas não se comprometeu sobre as formas práticas para cumprir esse objetivo», explicou o investigador da Universidade de Columbia e um dos responsáveis pelo documento, Jeffrey Sachs, citado pela Lusa.

A estratégia assenta em três pilares: maior eficiência energética em todos os setores, o impulsionamento de fontes renováveis e da energia nuclear para a produção de eletricidade e a substituição de combustíveis fósseis no transporte, aquecimento e indústria mundiais.

Os cientistas consideram que uma subida das temperaturas globais acima dos dois graus poderia provocar problemas graves e irreversíveis na Terra.