Centenas de mulheres na Argentina amamentaram os filhos em locais públicos no sábado, incluindo apresentadoras de televisão em emissões em direto, num protesto por a polícia ter proibido uma mãe de o fazer numa praça na semana passada.

O apelo à amamentação em público no sábado teve resposta em diversas cidades do país, segundo relatam os meios de comunicação social argentinos.

O protesto surgiu depois de na semana passada duas mulheres polícias terem proibido uma mãe de amamentar o filho de nove meses numa praça da localidade de San Isidro, a 20 quilómetros de Buenos Aires.