O ator George Clooney e a mulher, a advogada Amal Alamuddin, reuniram-se com Angela Merkel na chancelaria alemã, em Berlim, para discutir a situação na Síria e a ajuda europeia aos refugiados.

O encontro ocorreu nesta manhã e teve a duração de 40 minutos. Mais tarde o casal pretende visitar um abrigo na cidade.

A acompanhar Clooney e Amal esteve o ex-secretário de Estado britânico dos Negócios Estrangeiros, David Miliband, que renunciou ao cargo para assumir a liderança do Comité Internacional de Resgate, com sede em Nova Iorque.

Foi Miliband quem, no final, deu conta aos jornalistas do teor da conversa entre o ator norte-americano e a chanceler alemã.

"Falaram sobre o que todos os países podem fazer para resolver um problema que é global, não apenas um problema sírio ou uma questão alemã", disse o ex-governante, citado pela agência Associated Press (AP), acrescentando que George Clooney elogiou Angela Merkel "por demonstrar uma forte liderança e ser um exemplo não só para a Europa mas a nível mundial".

Recorde-se que Clooney encontra-se na capital alemã para o Festival de Cinema de Berlim (Berlinale) com o seu novo filme "Hail, Caesar".