Jack Ma, o fundador da Alibaba, uma empresa de comércio eletrónico, é atualmente, o homem mais rico da China, mas disse que a sua riqueza lhe traz «uma grande dor». Numa entrevista à CNBC, Jack Ma disse que não se sente feliz e que tanto dinheiro só lhe traz preocupações.
 
O chinês admite que ser rico é bom, mas que o seu nível de riqueza pode ser problemático. «É uma grande dor porque quando se é a pessoa mais rica do mundo, toda a gente te rodeia por causa do dinheiro», contou Jack Ma.
 
O fundador da Alibaba, com uma fortuna avaliada em 24 mil milhões de dólares, quer que as pessoas olhem para ele e não para a sua conta bancária.
 
«As pessoas olham-me de forma diferente. Eu quero ser visto como um empreendedor, um homem que gosta de se divertir e quero ser apenas eu próprio», confessou Jack.
 
Quanto à sua fortuna, Ma utiliza-se e gasta-a como uma «forma de fazer negócios».
 
«Quando se tem muito dinheiro, as pessoas de confiança dão dicas sobre como gastar o dinheiro de forma mais eficiente do que o governo e outras pessoas. Esse é um grande desafio», Jack Ma.
 
«Eu tento parecer feliz porque sei que se não estou feliz, os meus colegas, os meus sócios e os meus clientes também não vão estar», admitiu Ma, que disse à CNBC que os elevados níveis de pressão o fazem infeliz.