O palestiniano autor de um ataque com uma faca em julho de 2017 em Hamburgo, na Alemanha, e que era candidato a asilo, foi esta quinta-feira condenado a prisão perpétua, noticia a Agência France Presse.

Os juízes do tribunal de Hamburgo decidiram condenar Ahmad Alhaw, de 27 anos, a prisão perpétua, considerando que o seu ato “contribuiu para a jihad mundial e com circunstâncias agravantes para o islamismo”.

Uma pessoa morreu a 28 de julho do ano passado depois de ter sido esfaqueada num supermercado em Hamburgo.

O individuo foi detido pela polícia no supermercado, depois de ter avançado sobre várias pessoas.