A polícia alemã deteve um homem neste domingo, na sequência de buscas a um apartamento em Chemnitz, na Saxónia, a cerca de 260 quilómetros de Berlim, por ligações ao principal suspeito de planear um atentado no país, um refugiado sírio, Jaber Albakr, de 22 anos.

Ninguém ficou ferido e nenhuma arma foi disparada. Levámos um homem para interrogatório e estamos a questioná-lo neste momento", disse o porta-voz do gabinete de investigação criminal da polícia da Saxónia, Tom Berhardt.

Esta é a única informação para já avançada pelas autoridades.

No sábado, no decorrer de uma mega operação policial naquela cidade alemã, após suspeita de ameaça de bomba, foram detidas três pessoas para interrogatório e que também tinham ligações ao jovem sírio, que continua a monte.

A polícia confirmou então que tinham sido encontrados explosivos num apartamento e que foi evitada uma explosão iminente.