O Parlamento alemão aprovou, nesta sexta-feira, o apoio militar contra o Estado Islâmico na Síria, noticia a BBC.

 

Um porta-aviões, uma fragata e 1.200 soldados serão enviados para a região, mas os militares alemães não irão combater no terreno.

 

A aprovação desta medida surge depois do apelo do Governo francês à união de esforços internacionais no combate aos terroristas, depois dos ataques de 13 de novembro, em Paris.

 

De acordo com a BBC, alguns deputados manifestaram alguma relutância em aprovar este apoio militar, no entanto, reconhecem que não só a Alemanha é um alvo do Estado Islâmico como é preciso mostrar solidariedade a França.

 

Esta será a maior operação militar da Alemanha no exterior nos últimos tempos.