Um homem disparou contra um médico num hospital universitário de Berlim e suicidou-se de seguida. De acordo com a polícia de Berlim, o especialista de saúde ficou gravemente ferido, chegou a ser tratado na unidade de cuidados intensivos, mas acabou por não resistir.

O tiroteio ocorreu no hospital universitário de Berlin-Stieglitz, por volta das 13.00 horas locais, mas até ao momento não se conhece explicação ou motivo para o sucedido. No entanto, as autoridades dizem que a situação está controlada e não há feridos.

De acordo com a agência Reuters, no local está também uma unidade especial da polícia alemã.

As autoridades estão a investigar o caso, mas, de acordo com a polícia de Berlim, o caso não tem ligação ao terrorismo.