As autoridades alemãs encerraram, esta terça-feira de manhã, uma escola primária na localidade de Gesundbrunnen, em Berlim. A polícia referiu que existia uma "situação potencialmente perigosa", mas não adiantou mais detalhes.

"[A polícia] foi chamada devido à suspeita de uma situação perigosa numa escola primária", informou a polícia de Berlim no Twitter.

O porta-voz da polícia revelou que as autoridades receberam o alerta por telefone: "Uma pessoa fora da escola ligou, cerca das 10:00 (hora local), a dizer ter visto duas pessoas armadas a entrar na escola primária, o que desencadeou o alerta".

As buscas na escola já terminaram e não foi encontrado ninguém suspeito. Alunos, professores e funcionários chegaram a ser retirados do edifício, mas estão "seguros".