A procura, até ao momento em vão, de "um comboio de ouro nazi" na Polónia levou à descoberta de dois túneis ferroviários construídos pelos alemães, anunciou hoje um investigador amador em Walbrzych, no sudoeste do país.

Ambos os túneis fazem parte do vasto complexo subterrâneo chamado 'Riese' (Gigante) que os alemães construíram durante a guerra nas Montanhas Sowie (Montanhas das Corujas).

"Estes dois túneis subterrâneos fazem parte dos complexos subterrâneos já descobertos, que em parte é aberto aos turistas na aldeia de Walim", disse Krzysztof Szpakowski, presidente da Associação do Museu Riese durante uma conferência de imprensa e citado pela AFP.

"Os nazis construíram nesta região uma cidade subterrânea com uma área de 200 hectares (...) que permitiria a Hitler sobreviver durante alguns anos em caso de ataque nuclear"


Vários túneis subterrâneos foram escavadas pelos alemães nas rochas e ligados uns aos como peças de um quebra-cabeça, sendo que as entradas foram destruídas utilizando explosivos para apagar os traços.

De acordo com Krzysztof Szpakowski, dentro das instalações, "poderão ser encontrados equipamentos militares e equipamentos utilizados no trabalho de construção", cita a Lusa.

"Seria irresponsável da minha parte dizer que existem tesouros, como a famosa Sala de Âmbar, roubado pelos nazis em Leningrado (agora São Petersburgo) e procurado há 70 anos, ou de um comboio com o ouro ", disse o funcionário do museu de uma forma irónica, principalmente por causa de uma 'febre' que atingiu a Polónia há algumas semanas na procura de tesouros nazis.

Estas descobertas "precipitou a minha decisão de informar as autoridades de Walbrzych sobre a minha investigação", disse Szpakowski.

Este é o resultado de "um trabalho de vários anos", acrescentou, "com base em arquivos, depoimentos e pesquisas".

Para apoiar suas afirmações, o investigador mostrou as imagens de um radar de penetração no solo (que aponta para o chão para estudar a composição e estrutura) mostrando os dois túneis e um bloco do complexo. Um deles compartilha a estação de comboios de Walim.

Segundo alguns historiadores, o complexo 'Riese' deverá estar ligado ao enorme castelo Ksiaz (Fürstenstein), perto Walbrzych. Os nazis fizeram obras significativas no castelo para instalar uma das sedes de Hitler.