O segundo centro para refugiados homossexuais na Alemanha abre na terça-feira em Berlim e vai acolher mais de 120 pessoas, disseram esta segunda-feira os responsáveis da associação na origem do projeto.

A estrutura situa-se num edifício de quatro andares no Leste da capital alemã, onde 29 apartamentos vão receber 122 refugiados homossexuais e transexuais, indicou numa conferência de imprensa Marcel de Groot, que dirige uma associação de aconselhamento dirigida aos homossexuais, a Schwulenberatung.

De acordo com a AFP, um centro do mesmo tipo, para oito pessoas, abriu a 01 de fevereiro em Nuremberga, no Sul do país, e foi o primeiro do género na Alemanha.

(Foto de arquivo)