Uma carrinha abalroou uma multidão em Münster, na Alemanha, este sábado. O incidente fez três mortos, incluindo o condutor da carrinha, confirmou o Ministério do Interior da Alemanha. Inicialmente, as autoridades tinham dito que quatro pessoas, incluindo o condutor, tinham morrido.

A polícia confirmou que há registo de cerca 20 feridos, sendo que há pelo menos seis em estado crítico.

O incidente ocorreu às 16:27 (hora local, 15:27 em Lisboa), perto da estátua de Kiepenkerl, que fica no centro desta cidade do noroeste da Alemanha. Trata-se de uma zona onde há vários cafés e restaurantes com esplanadas.

O condutor da carrinha suicidou-se no local e as autoridades não procuram outros suspeitos.

De resto, Herbert Reul, o ministro do Interior do estado de Renânia do Norte-Vestfália, onde tudo aconteceu, disse que o suspeito era um cidadão alemão e que "não há qualquer indicação de contexto islâmico".

O jornal Sueddeutsche Zeitung já tinha avançado que o condutor é um alemão com problemas psicológicos, sem cadastro relacionado com terrorismo. 

Nas redes sociais foram partilhadas imagens do local.