Actualizado às 07:07

Um homem armado matou pelo menos dez pessoas na terça-feira, entre as quais a mãe, antes de pôr termo à vida, informou a polícia de Samson, no Alabama, no sul dos Estados Unidos, escreve a Lusa.

Um médico legista do condado de Coffee disse que o suspeito começou o seu dia de carnificina queimando a casa da mãe, onde a polícia encontrou o corpo dela.

O atirador, de quem não foi fornecida a identificação, dirigiu-se em seguida à casa dos avós, que o haviam criado, matando os dois, um tio, uma tia e uma criança. Em seguida, o atirador matou mais duas pessoas em casas vizinhas.

Metendo-se no seu automóvel, o atirador disparou contra uma viatura da polícia, atingindo-a com sete tiros e ferindo ligeiramente o agente no seu interior, atingido por estilhaços de vidro.

O atirador matou mais uma pessoa numa empresa nas proximidades e uma outra numa estação de serviço, dirigindo-se depois a um estabelecimento onde disparou trinta tiros, o último dos quais contra si próprio.