O líder da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri, apelou a ataques nos Estados Unidos e ao boicote à maior economia do mundo numa intervenção coincidente com o 12.º aniversário dos atentados de 11 de setembro.

Um sumário da intervenção de Ayman al-Zawahiri, que se prolongou por 72 minutos, foi disponibilizado na Internet pelo SITE Intelligence Group, uma entidade especializada na monitorização de fóruns e de outras comunicações de grupos islamitas.

O discurso foi colocado em fóruns jihadistas um dia depois dos Estados Unidos terem homenageado as quase 3.000 vítimas dos atentados perpetrados pela Al-Qaeda.