Pelo menos três polícias morreram na sequência de um ataque armado contra um hotel na cidade de Al Arish, no norte da península egípcia do Sinai, onde os fiscais das eleições parlamentares de segunda-feira estava alojados.

Segundo  a agência oficial egípcia MENA, o ataque com um carro bomba feriu ainda 12 outros polícias e dois civis.

Junto ao acesso ao hotel foi registado um tiroteio entre as forças de segurança e os atacantes e, durante o mesmo, um bombista suicida tentou embater com um carro no hotel, mas a bomba detonou antes do veículo conseguir entrar no edifício. 

Fontes da segurança contactadas pela agência noticiosa espanhola Efe elevaram para três o número de mortos no atentado contra o hotel.