Foram 30 longos minutos a voar com uma forte tempestade de chuva e granizo. O Airbus A319, voo AZ2016, da Alitalia ficou severamente danificado depois de ter voado 30 minutos sob uma forte tempestade. 

O aparelho, que partiu de Roma com destino a Milão, onde acabou por não chegar, teve de aterrar na quarta-feira, de emergência, no aeroporto de Nápoles.
 

Como se não bastasse, a tempestade veio acompanhada, ainda, de um raio, e o piloto teve de tomar a decisão de não continuar a viagem iniciada pelas 8:00 da manhã. 

Nenhum dos 11 passageiros ficou ferido, mas não ganharam para o susto, conforme mostram vídeos publicados no YouTube, antes e depois da aterragem.

 



Esta é a terceira vez, em menos de dois anos, que um avião da Alitalia é atingido por um raio. Em fevereiro de 2014, ao aterrar em Génova, aconteceu o mesmo, bem como em novembro do mesmo ano.