Três navios da guarda-costeira da China entraram hoje nas águas territoriais das ilhas Diaoyu/Senkaku que o país disputa com o Japão, mas de facto controladas por Tóquio.

A acusação da violação do limite de 12 milhas náuticas foi feita pelas autoridades nipónicas que acusam a China de violações sistemáticas das suas águas territoriais junto do pequeno arquipélago desabitado.

Nos últimos meses, China e Japão subiram o tom das acusações relativamente ao arquipélago a que Pequim chama Diaoyu e Tóquio Senkaku.