A atitude de um homem, que arrastou pelo chão um sem-abrigo em frente a uma loja no centro do Rio de Janeiro, no Brasil, causou indignação em quem fazia compras na Saara, o maior centro de comércio popular da cidade. De acordo com testemunhas citadas pelo portal de notícias da Globo, o autor da agressão seria um funcionário de uma loja.

As imagens da agressão, captadas com um telemóvel por um cliente que passava na rua, foram exibidas esta quarta-feira na televisão brasileira. Quem seguia pela Rua Senhor dos Passos parou para ver a cena. Testemunhas contam que o sem-abrigo não era agressivo e que o homem se irritou porque o mesmo sem-abrigo se recusou a sair do passeio em frente ao à loja.

Em comunicado, a Sociedade de Amigos das Adjacências da Rua da Alfândega (SAARA) repudia qualquer tipo de violência e revela que está a investigar o caso. A associação desmente que o autor da agressão seja um lojista. O homem que arrastou o sem-abrigo pelo chão ainda não foi identificado.