«Esta rapariga foi  muito corajosa. Trabalhou com os nossos especialistas forenses, reviveu tudo o que passou e produziu uma imagem exata de como o homem se parecia», afirma Constable Dan.

«Nós não sabemos as intenções deste homem e é por isso que estamos a levar este incidente muito a sério e vamos fazer tudo o que pudermos para apreender este homem», acrescentou Hayes.