Dois militares britânicos morreram, no domingo, na sequência da queda do helicóptero em que seguiam no Afeganistão, que fez cinco mortos, anunciou o Ministério da Defesa britânico.

Três outras pessoas, cujas nacionalidades não foram divulgadas, também morreram no acidente, que deixou ainda cinco feridos.

O helicóptero despenhou-se aquando da aterragem no quartel-general da coligação da NATO, na capital afegã, Cabul.

Segundo a agência Reuters, que cita o ministério da Defesa britânico, o incidente não resultou de um ataque contra as forças da NATO.

"O incidente está sob investigação, mas podemos confirmar que o acidente não resultou de um ataque", informou o ministério em comunicado.