De acordo com a agência de notícias francesa, que cita o vice-governador da província afegã que faz fronteira com o Paquistão, o atentado feriu ainda 60 pessoas, algumas delas com gravidade.

«O bombista suicida estava de mota e fez-se explodir no meio de um jogo de voleibol», disse o vice-governador Attaullah Fazli.