A União Europeia vai voltar a permitir que os passageiros levem líquidos para bordo dos aviões.

A norma de segurança será levantada já em janeiro.

Em causa estão líquidos como bebidas, champôs, aerossóis e outros tipos de gel, produtos que os passageiros têm sido impedidos de transportar para os aviões, uma vez que é possível fazer explosivos com alguns desses artigos.

O aeroporto de Heathrow, em Londres, será o primeiro a ter um novo aparelho que vai testar a qualidade do líquido e detetar se é potencialmente explosivo.

O teste durará entre dois a cinco segundos e será feito através de uma onda de radiofrequência e de um ultrassom que, ao embaterem nas embalagens, poderão analisar se o conteúdo contém alguma ameaça.