O descarrilamento, e posterior incêndio, de um comboio que transportava químicos tóxicos próximo da cidade de Knoxville, no Estado norte-americano do Tennessee, forçou a retirada de cinco mil pessoas das suas casas, informaram bombeiros e dirigentes locais.

O comboio, que descarrilou mesmo antes da meia-noite de quarta-feira, perto de Maryville, nos arredores de Knoxville, transportava acrilonitrilo, uma substância tóxica e muito inflamável que colocava riscos respiratórios, adiantou o bombeiro Kermit Easterling.

A imprensa local relatou que 25 pessoas tinham dado entrada no Blount Memorial Hospital por exposição ao químico, mas nenhuma foi considerada como estando em estado crítico.