a votos no domingo

31 de outubro de 2011

“Nós confiamos nos cidadãos, acreditamos no seu julgamento e na sua decisão”, afirmou, na altura, no parlamento helénico.


reunião de emergência

"Queremos que eles [gregos] permaneçam na Zona Euro. Mas, se não quiserem, essa é a sua decisão. E não abdicaremos o euro por causa disso”, disse, na altura, Angela Merkel.


O aviso







exigiu eleições antecipadas

praticamente forçado a recuaro fim do referendo