“nas próximas semanas”



"estão a fugir precisamente" dos terroristas