A Coreia do Norte suspendeu os seus exercícios de voo com aviões de combate soviéticos MiG-19 depois de três deles se terem despenhado este ano, afirmaram esta quarta-feira autoridades militares sul-coreanas.

«Despenharam-se em missões de treino pelo menos três dos MiG-19 norte-coreanos, um no início deste ano e outros dois no mês passado e início deste mês, respetivamente», disse uma força das Forças Armadas da Coreia do Sul à agência Yonhap.

A fonte afirmou que a causa dos acidentes poderia ser a «avançada idade» dos aparelhos.

O MiG-19 soviético, cuja produção foi iniciada em 1953, foi o primeiro caça supersónico do mundo juntamente com o F-100 norte-americano.

Calcula-se que o exército norte-coreano detenha cerca de 400 aparelhos MiG, aproximadamente metade do total dos seus aviões de combate.