Um avião da Força Aérea do Equador despenhou-se esta terça-feira na floresta amazónica, o que provocou a morte dos seus 22 ocupantes, informou o Presidente do país, Rafael Correa, no Twitter.

Uma hora depois de ter alertado para o acidente, o presidente do Equador dava conta de que "não há sobreviventes". "Morreram 22 soldados da pátria. É uma tragédia".

De acordo com um comunicado da Força Aérea, o aparelho transportava 19 paraquedistas, dois pilotos e um mecânico.