Um piloto, de 77 anos, que realizava uma manobra com um biplano da Segunda Guerra Mundial perto da pista morreu quando a aeronave caiu.

O biplano caiu durante um espetáculo aéreo na Califórnia e incendiou-se, soltando um espesso fumo preto.

Edward Andreini, que era veterano em espetáculos de acrobacias, pilotava o avião de 1944 quando tentou realizar a manobra «corte de fita», quando bateu na pista da Base Aérea de Travis.



«Ele ficou muito baixo e bateu na pista. O avião estava quase intacto, tira era o lado errado virado para baixo», afirmou Roger Bockrath, um fotojornalista que assistia ao evento.

O acidente não provocou feridos e os restantes eventos foram cancelados.