Uma criança de dois anos terá matado, acidentalmente, a mãe, dentro de um supermercado, depois de disparar uma arma que a progenitora trazia na carteira.

O menino estaria sentado dentro do carrinho de compras e terá chegado à arma que acabou por disparar.
 
Segundo a Associated Press (AP), o acidente terá acontecido na manhã desta terça-feira dentro de um «Wallmart» em Hayden, condado de Kootenai, Estado do Idaho.
 
A porta-voz da polícia local, Stu Miller, disse que a mulher de 29 terá ido às compras com os seus quatro filhos, ainda que outras fontes digam que a relação entre a mulher e a criança ainda não foi verificada.
 
A identidade da vítima não foi revelada, mas foi confirmado que a mulher tinha autorização de porte de arma.
 
O supermercado foi fechado imediatamente e um porta-voz já emitiu um comunicado, onde lamentou o sucedido.
 
«Um incidente trágico aconteceu na nossa loja hoje, envolvendo a morte de uma cliente. Vamos cooperar com a polícia de Kootenai enquanto investigam o caso», disse o porta-voz, Aaron Mullins.