Kari J. Milberg, uma mãe do Wisconsin, nos Estados Unidos, foi esta semana formalmente acusada de três homicídios por negligência.

A mulher, de 34 anos, foi considerada a culpada pelo acidente ocorrido a 13 de dezembro de 2013, que provocou a morte da filha de 11 anos e de duas sobrinhas de cinco anos.

Kari ia ao volante e a escrever no Facebook quando perdeu o controlo do carro e embateu num camião. A condutora ficou em estado crítico ao ser cuspida da viatura, já que não levava cinto de segurança. Embora tenha sido hospitalizada, a mulher sobreviveu, bem como o seu outro filho, que seguia no carro.

De acordo com o «The Star Tribune», a investigação conclui que a mulher estava ligada ao telefone antes do acidente e também encontrou calmantes na sua mala.

A poucos quilómetros de casa, o passeio a um parque de diversões terminou em tragédia. As meninas eram todas primas. Três mães perderam os filhos.

O condutor e os dois passageiros que seguiam no camião não ficaram feridos. O inquérito também concluiu que o motorista do pesado não tinha culpa e não foi indiciado de nenhum crime.