Passageiros em pânico no metro de Londres, em Inglaterra, foram filmados a tentar fugir das carruagens devido ao intenso fumo no interior.

Foram feitas várias tentativas para abrir as portas do comboio, como pressionar botões de emergência e forçar as portas, e houve mesmo quem escapasse por entre as carruagens.

Foi na estação de Holland Park, no domingo, que aconteceu a falha que originou a libertação de fumo, refere o «The Telegraph».

Para a resolução do problema, a estação foi encerrada e os bombeiros foram chamados ao local. De acordo com Nigel Holness, diretor de operações do metro de Londres, «a estação de Holland Park foi fechada entre as 18:40 e às 19:23».

Um porta-voz dos transportes de Londres disse que as portas do comboio não se abriram para evitar que os utilizadores do metro saíssem, uma vez que o comboio ainda não estava realmente parado na estação.

O mesmo responsável acrescentou ainda que não houve registos de feridos e pediu desculpa pelo incidente.